A “new wave of trash metal” e os Havok

Havok! Não, não me refiro ao X-men. Mas sim a uma banda americana (EUA).

Nos últimos temos assistido à consolidação e ao surgimento de várias bandas de trash metal. Será coincidência que neste mesmo período assistimos também ao retorno ao ativo de muitas bandas que tinham terminado ou viviam um hiato, tais como Venom, Annihilator, Overkill e Anthrax? Parece que o trash está de volta e para ficar. Estarão os headbangers a deixar de dar primazia ao death metal e ao metalcore que têm dominado o mercado sobremaneira? Há espaço para os vários estilos? Tudo indica que o metal está a ficar cada vez mais eclécticos e muitos festivais de música não tem hoje qualquer problema em misturar bandas de black metal, trash metal, sleaze metal e death metal!

O New wave of trash metal não é um fenómeno local, ou confinado a dois ou três países, mas sim um fenómeno global (ou quase!). Em Espanha, por exemplo, os Angelus Apatrida (ficam para outro post!) tem trashado bem consistentemente!

Já aqui falámos de Dr. Living Skul! e o seu crossover trash! Hoje trazemos mais uma banda que é dona de um trash bem inovador, os Havok.

Os Havok prenderam-me desde o inicio. Destaco o álbum Unnatural Selection, de 2013, e o Time is Up, de 2011.

Trashem…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s